Dentre os milhares de avanços que a tecnologia vem trazendo para a realidade dos negócios, um deles já mostrou seu forte potencial de auxiliar na gestão das empresas de forma relevante. Estamos falando do Machine Learning, ou aprendizado de máquina, em tradução livre.

Assim como a Internet Das Coisas (IoT), o blockchain, o big data e até as metodologias ágeis, o Machine Learning é mais um recurso que qualquer organização pode aplicar à sua realidade a fim de otimizar pontos estratégicos, como a produtividade e a redução de custos. E se antes era algo restrito e de difícil acesso, hoje ele pode estar bem mais perto da sua realidade do que você imagina. Quer entender melhor? Preparamos este conteúdo exclusivo para que você entenda como utilizar o Machine Learning na gestão da sua empresa. Confira!

O que é Machine Learning?

Quando analisamos o termo, já é possível deduzir que estamos falando de um recurso tecnológico em que sistemas e máquinas são capazes de adquirir conhecimentos por conta própria. Ou seja, o sistema aprende sozinho. O Machine Learning surgiu em 1959, no MIT. Foi Arthur Samuel, um dos pioneiros da Inteligência Artificial, que criou o termo para se referir a um novo campo de estudo. A ideia era desenvolver caminhos para que os computadores ganhassem a habilidade de aprender qualquer coisa mesmo sem terem sido programados para isso. Apesar de ser uma iniciativa antiga, essa tecnologia só ficou mais forte com a chegada da internet. Hoje, as aplicações do Machine Learning vão muito além desse campo de estudo e se combinam facilmente a outras tecnologias, tal como o big data e as redes neurais, criando sistemas e mecanismos cada vez mais inteligentes.

Qual a importância do Machine Learning?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é o Machine Learning e a sua história, vamos falar rapidamente sobre a sua importância. Os novos desafios que surgem a cada dia, somados com a competitividade acirrada e crescente no mercado, estão exigindo que empresas de diversos segmentos adotem tecnologias mais atuais para enfrentá-los. Nesse sentido, o Machine Learning poderá ajudar das seguintes formas: • trazendo agilidade à análise de dados importantes; • tornando mais preciso o processo de tomada de decisão; • auxiliando na escalada da resolução de demandas do negócio; • trabalhando na prevenção de qualquer ataque que cause a perda e vazamento de dados que uma empresa possa sofrer por meio da internet; • otimizando o atendimento ao cliente; • realizando análises precisas de dados a fim de manter a empresa competitiva. Perceba que a atuação desse recurso poderá resolver e prevenir muitos problemas. Por isso, é importante que gestores e coordenadores de TI avaliem com carinho a adoção deste forte aliado no desenvolvimento e crescimento da empresa. O fato é que, infelizmente, muitos ainda consideram supérfluo o investimento em Machine Learning. Mas, em alguns casos, ele pode ser justamente o caminho mais curto para o sucesso — ou a sobrevivência do negócio.

Como o Machine Learning vem sendo utilizado pelas empresas?

Para que você possa entender como essa tecnologia é aplicada de forma prática no dia a dia, listamos algumas das ações que já acontecem no mercado.

1. Cálculo de riscos em tomadas de decisão

Hoje, o Machine Learning é uma excelente ferramenta para auxílio no cálculo de qualquer risco que a empresa possa correr. Aliada ao big data, as suas análises podem ser poderosas a ponto de guiar a tomada de decisão da empresa de forma muito precisa. Podemos tomar como exemplo o mercado financeiro, que precisa calcular riscos de investimento constantemente. Utilizar o Machine Learning é de grande valia para reduzir o risco de tomar decisões erradas, pois sabemos que as análises humanas esbarram em algumas limitações. É possível, também, calcular riscos em outros mercados ou em ações importantes que podem se aplicar a qualquer negócio, como a abertura de uma nova filial em determinado lugar ou o lançamento de uma nova linha de produtos. Perceba que as possibilidades são muitas!

2. Estudo de mercado

Conhecer o mercado é vital para qualquer empresa, mas como realizar isso? Especialmente em meio a um cenário de mudanças rápidas e constantes? Hoje em dia, cada compra que um consumidor faz já cria uma fonte rica de dados para análise e identificação de padrões. Agora, imagine multiplicar isso por todos os clientes em potencial que um negócio possui. É praticamente impossível que um ser humano consiga administrar e absorver todas essas informações, certo? Portanto, nada melhor do que contar com computadores realizando esse trabalho por meio do Machine Learning. A chance de criar um plano de ação de forma rápida e eficiente é muito melhor, gerando mais competitividade para a empresa.

3. Gerenciamento e controle de estoque

Quem trabalha com estoque sabe que qualquer falha ou decisão errada pode resultar em diversos prejuízos para o negócio, tanto em relação ao armazenamento quanto à compra e reposição de itens. Sendo assim, o Machine Learning poderá ajudar analisando e projetando as chances de venda de cada mercadoria, bem como verificar a possibilidade de perdas devido ao vencimento ou obsolescência, por exemplo. E há outras questões que também podem entrar nesse trabalho, como os custos de remanejamento. Pode não parecer, mas o Machine Learning oferece uma análise poderosa para que as empresas otimizem cada vez mais seu controle de estoque, ganhando mais eficiência e liberando tempo para dedicar a outras funções estratégicas.

4. Automatização do atendimento ao cliente

Por fim, vamos falar das melhorias que o Machine Learning pode fornecer ao atendimento e relacionamento com clientes. Atualmente, muitos negócios têm altas demandas pelo atendimento online, em que, muitas vezes, não há a necessidade de intervenção humana. Sendo assim, aliar o aprendizado de máquina às soluções de chatbots pode ser uma grande saída. Com isso, é possível fornecer um atendimento automatizado tão completo quanto se fosse feito por um humano, e o melhor: de forma muito mais escalável e ágil. Deu para perceber como o Machine Learning poderá trazer resultados efetivos para qualquer negócio, certo? Basta ter uma boa estratégia e contar com as melhores ferramentas do mercado. Quer desenvolver seu negócio de forma ainda melhor? Aproveite para ler nosso artigo sobre o que são as metodologias ágeis e veja como aplicá-las!


Previous Post Next Post